Snapchat deixa seus usuários mais felizes do que Facebook

outubro 20, 2015
Contact: umichnews@umich.edu

GIF animado mostrando emoções pode-se sentir depois de olhar para o Facebook, Twitter, e snapchatANN ARBOR — Quem usa o Snapchat fica mais feliz e bem humorado do que quem usa o Facebook ou outras redes sociais, segundo um novo estudo da Universidade de Michigan.

E sabe qual é a única interação mais gratificante do que Snapchat? A comunicação cara a cara.

O estudo, publicado on-line no Information, Communication & Society é um dos primeiros ao analisar o Snapchat e o humor diário.

Snapchat é uma aplicação móvel conhecida como uma forma de “mídia social efêmera,” ou seja, plataformas que exibem o conteúdo por um período limitado de tempo (por exemplo, 10 segundos).

“Muitas pessoas veem o Snapchat como o aplicativo para praticar o ‘sexting’,” disse Joseph Bayer, pesquisador da U-M e principal autor do estudo. “Mas em vez disso, nós descobrimos que o Snapchat normalmente está sendo usado para a comunicação espontânea com amigos mais próximos; de uma nova e, muitas vezes, maneira mais agradável.”

“Ao mesmo tempo, as interações do Snapchat foram percebidas como tendo menor apoio social do que outros meios de redes sociais. Essas descobertas abrem uma importante discussão sobre os benefícios e os custos das diferentes redes de comunicação sociais.”

Bayer e seus colaboradores recrutaram 154 estudantes universitários que usam smartphones. O estudo utilizou a “amostragem de experiência” — que mede como as pessoas pensam, se sentem e se comportam em vários momentos de suas vidas diárias — para avaliar o bem-estar dos participantes através de mensagens de texto enviadas aleatoriamente, seis vezes por dia durante duas semanas.

Cada mensagem de texto continha um link para uma pesquisa on-line com cinco perguntas:

• Quão positivo ou negativo você se sente agora?
• Como foi sua interação mais recente?
• Quão agradável ou desagradável foi sua interação mais recente?
• Nesta interação, quão solidário ou pouco solidário a pessoa foi com você?
• Qual sua proximidade com essa pessoa?

As interações do Snapchat estão associadas a emoções mais positivas do que as interações via Facebook e outras tecnologias sociais, dizem os pesquisadores. Simultaneamente, as interações do Snapchat são vistas como menos “solidárias” do que outros tipos de interação, incluindo o Twitter, SMS, e-mail, ligações telefônicas e encontros frente a frente.

Bayer e sua equipe também investigaram quais aspectos do uso do Snapchat podem causar maior recompensa emocional ou bom humor. Suas descobertas sugerem que a preocupação com a “auto apresentação” é menor, ou seja, as pessoas parecem não se preocupar tanto se as fotos compartilhadas são feias ou pretenciosas.

“O Facebook se tornou um espaço para compartilhar importantes momentos como o nascimento de um bebê, formaturas e aniversários. Já o Snapchat parece fornecer aos usuários um espaço distinto para compartilhar pequenos momentos,” disse Bayer, doutorando do Departamento de Estudos da Comunicação, que foca sua pesquisa nestas tecnologias de comunicação.

Além disso, os participantes relataram dar mais atenção às mensagens do Snapchat do que a conteúdo arquivado em plataformas como Facebook, que podem contribuir para uma maior recompensa emocional.

“Se as mídias sociais efêmeras estão ganhando uma forma mais concentrada de atenção, então o Snapchat pode também se destacar entre os meios de comunicação social para os anunciantes,” ele disse.

Bayer disse que uma descoberta surpreendente foi que os participantes veem as conversas via Snapchat como as conversas cara a cara, porque são temporais, não gravadas e tipicamente ocorrem entre pessoas mais próximas.

Study
Joseph Bayer