Triplica o número de estudantes que começaram a fumar cigarros eletrônicos aos 14 anos ou antes

dezembro 19, 2019
Contact: Fernanda Pires fpires@umich.edu

Icons of a vape pen and a young person exhaling smoke.

ANN ARBOR—O número de usuários de cigarros eletrônicos que começaram a “vapear” aos 14 anos ou menos mais do que triplicou nos últimos cinco anos, afirmam pesquisadores da Universidade de Michigan.

No ano passado, 28% dos usuários de cigarro eletrônico disseram ter começado a fumar eletronicamente aos 14 anos, em comparação com cerca de 9% em 2014. As descobertas foram publicadas hoje, 19 de dezembro, no American Journal of Public Health.

Os pesquisadores não analisaram especificamente o que causou o aumento, mas a autora do estudo Rebecca Evans-Polce, cientista pesquisadora da Escola de Enfermagem da U-M, disse que a percepção de que os cigarros eletrônicos não são tão prejudiciais ou viciantes quanto os convencionais pode ser um dos fatores.

Isso é alarmante porque a pesquisa mostra que o uso precoce de cigarros eletrônicos está associado a um risco posterior do consumo de cigarros convencionais, disse ela. Além disso, a exposição à nicotina enquanto o cérebro está em desenvolvimento pode conferir um risco particular, e o vaping tem sido associado a doenças respiratórias graves.

O grande aumento de crianças que fumam em idades mais jovens faz sentido, mesmo enquanto outros produtos—cigarros, charutos, tabaco sem fumaça—permaneceram significativamente inalterados durante esse período, disse Evans-Polce.

“Não tenho certeza de que você esperaria grandes mudanças em um período tão curto para esses outros produtos,” disse ela. “Por outro lado, o uso de cigarros eletrônicos disparou nos últimos cinco anos. Além disso, é importante observar que, especialmente em relação aos cigarros, as crianças estão começando ainda mais cedo. Mais da metade das crianças que relataram fumar, com idades entre 16 ou 17 anos, relataram ter começado a partir dos 14 anos.”

Evans-Polce e seus colaboradores usaram dados de 26.662 participantes, com idades entre 16 e 17 anos, da Pesquisa Nacional sobre Tabaco da Juventude.

Estudo: Tendências de coorte no uso de cigarros eletrônicos, cigarros, charutos e tabaco sem fumaça entre adolescentes dos EUA
DOI: 10.2105 / AJPH.2019.305421

Rebecca Evans-Polce