U-M incentiva democracia e sedia eventos com líderes internacionais pré-debate presidencial

novembro 21, 2019
Contact: Fernanda Pires fpires@umich.edu
Commission on Presidential Debates and the National Democratic Institute International Delegation in Las Vegas 2016. Image courtesy: The Commission on Presidential Debates

Comissão de Debates Presidenciais e Delegação Internacional do Instituto Democrático Nacional em Las Vegas, 2016. Imagem cortesia: Comissão de Debates Presidenciais

ANN ARBOR—Em conjunto com a realização de um debate presidencial em outubro de 2020, a Universidade de Michigan receberá representantes de várias regiões do mundo para um simpósio sobre a promoção de debates de candidatos políticos em seus países de origem.

A universidade fará parceria com a Comissão de Debates Presidenciais e o Instituto Democrático Nacional—uma organização sem fins lucrativos— que trabalha para apoiar e fortalecer instituições democráticas em todo o mundo através da participação dos cidadãos, acesso a informações e responsabilidade no governo. É esperada a participação de cerca de 60 organizadores de debates da América Latina, África, Ásia, Europa Central e Oriental, Eurásia, e Caribe, além do Oriente Médio e Norte da África.

“Na Universidade de Michigan, levamos muito a sério nossa responsabilidade de avançar no conhecimento e promover o envolvimento cívico,” disse o presidente da U-M, Mark Schlissel. “Estamos orgulhosos que a Comissão de Debates Presidenciais e o Instituto Democrático Nacional tragam representantes de todo o mundo para Ann Arbor para aprender sobre o papel crucial dos debates no processo democrático.”

O evento, projetado como uma visita de estudo intensiva e um simpósio sobre as melhores práticas de debate, será agendado nos dias que antecedem o debate presidencial de 15 de outubro de 2020, que acontecerá no Crisler Center e será o segundo de uma série de três debates presidenciais no próximo ano, antes das eleições gerais de 3 de novembro.

A visita e o simpósio incluirão um “tour” nos bastidores da sala de debates e uma troca de ideias sobre experiências e melhores práticas de cada país. As discussões vão se concentrar em elementos importantes da produção do debate, como iluminação, cenografia, áudio, câmeras e transmissão, além de elementos organizacionais, como a seleção de um local para o evento, o papel dos moderadores, as opções de formato e o uso das mídias sociais.

Durante os dias da visita, o corpo docente e os alunos da U-M terão a oportunidade de se envolver com membros de organizações cívicas, meios de comunicação e autoridades eleitorais de todo o mundo.

“A realização deste simpósio é uma oportunidade emocionante. Representantes da democracia de todas as partes do mundo—incluindo funcionários do governo, da mídia e líderes da sociedade civil—vão compartilhar experiências com estudantes e a comunidade geral da U-M,” disse John Ciorciari, professor associado de Política Pública e diretor do Weiser Diplomacy Center e International Policy Center da Escola de Políticas públicas Ford.

“O simpósio mostrará como os debates e outras práticas democráticas importantes funcionam nos Estados Unidos e em outros lugares e ajudará a construir uma rede mais forte de defensores dos princípios democráticos, no campus e em todo o mundo.”

Os visitantes do debate também terão oportunidade de observar a organização dos centros locais de mídia para mais de 3.000 jornalistas e aprender com os representantes das universidades sobre seu papel em sediar o debate e envolver alunos e professores nos meses anteriores e posteriores aos debates.

Os visitantes também participarão de atividades no campus, como cursos relacionados a debates, séries de palestras, feiras de informações sobre políticas e discussões de alunos e professores.

Juntos, o CPD e o NDI ajudaram os patrocinadores a organizar mais de 400 debates em cerca de 45 países.

“É uma generosidade da Universidade de Michigan sediar as reuniões deste grupo inspirador de líderes da debate de 2020,” disse Kenneth Wollack, co-presidente do CPD.

A Comissão de Debates Presidenciais é uma organização sem fins lucrativos e apartidária e patrocina todos os debates presidenciais e vice-presidenciais nas eleições gerais desde 1988.

Além da edição da U-M, os debates presidenciais para este ciclo eleitoral serão na Universidade de Notre Dame, em 29 de setembro, e na Universidade de Belmont, em 22 de outubro. A Universidade de Utah sediará um debate entre os candidatos vice-presidencial em 7 de outubro.