Cresce a diversidade no campus da U-M

outubro 31, 2018
Contact: Fernanda Pires fpires@umich.edu
Estudantes da U-M se reúnem no campus central.

Estudantes da U-M se reúnem no campus central.

ANN ARBOR—Dos 6.403 novos calouros da Universidade de Michigan, que são cidadãos norte-americanos ou residentes permanentes, 949 são considerados minorias sub-representadas, ou seja 14,8% dos novos calouros. O número é 13,9% maior em relação ao ano passado e 10%, se comparado com 2014.

Entre as minorias sub-representadas estão negros, havaianos, hispânicos/latinos, nativos americanos ou nativos do Alasca, além de novos estudantes multiétnicos / multirraciais, cujos antecedentes incluem pelo menos uma minoria sub-representada.
95 brasileiros estão entre os novos estudantes da U-M.

“Estamos progredindo em algumas áreas e enfrentamos desafios em outras. Temos que continuar a encontrar soluções legais para fornecer oportunidades de educação a um conjunto diversificado de alunos em Michigan, disse Kedra Ishop, vice-reitora de Gerenciamento de Matrículas.

Além disso, os estudantes que são a primeira geração de uma família a frequentar uma universidade por quatro anos representam 14% da nova turma de calouros, acima dos 11,3% em 2014.

Formandos prontos para a Celebração Latina, em 2017. (Foto: Michigan Photography)

Formandos prontos para a Celebração Latina, em 2017. (Foto: Michigan Photography)

Outro recorde

O campus de Ann Arbor recebeu, mais uma vez, um número recorde de candidatos para a turma de calouros do outono de 2018, um aumento de mais de 8% em relação ao ano anterior. De uma alta histórica de 64.917 inscrições, a U-M ofereceu admissão a 14.818 calouros. Dos admitidos, 6.695 se matricularam.

“Estamos sendo continuamente surpreendidos pelo nível de interesse na Universidade de Michigan, tanto por potenciais estudantes aqui no estado, quanto de todo o país e internacionalmente”, disse Erica Sanders, diretora de Admissão dos cursos de graduação. “Como tem sido por muitos e muitos anos, recebemos inscrições de um número muito maior de alunos qualificados do que nosso campus é capaz de acomodar.

“Contamos com nosso processo seletivo para escolher não apenas os alunos que têm um histórico acadêmico para obter sucesso na U-M, mas também aqueles que têm um forte interesse em nossa universidade e conexão com nossa missão e objetivos institucionais.”